O que é vela de ignição?

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Motor e combustível
  2. Convencional e resistiva
  3. Prazo de validade da vela de ignição
  4. Como escolher a vela de ignição

A vela de ignição é uma peça fundamental para os veículos, já que é ela que produz a faísca elétrica e provoca a partida do motor. Ou seja, sem essa peça o carro ou a moto não conseguem se movimentar. No entanto, é bom lembrar que essa faísca é fundamental em veículos à combustão e não nos elétricos.

Motor e combustível

Sabemos que o combustível é responsável por alimentar todo o sistema e que, se ele estiver adulterado, isso causará sérios danos em várias peças, especialmente no motor. A vela de ignição também está diretamente relacionada ao bom desempenho do motor. Portanto, se o combustível não for de boa qualidade, ele também poderá afetar a vela. Se houver qualquer outro tipo de problema nessa peça, uma consequência apontada pelos especialistas é que o consumo de combustível também será maior. Se o carro não consegue dar partida, também pode ser que o problema esteja ligado à vela ignição.

Convencional e resistiva

Para quem não está familiarizado com o sistema mecânico, é bom ficar atento aos tipos de velas que existem. Para carros com motores com carburador, a vela de ignição é a convencional. Mas, para veículos com injeção eletrônica, a peça que se usa é a vela de ignição resistiva.

Prazo de validade da vela de ignição

Assim como todas as peças de um veículo têm prazo de validade, a vela de ignição não é diferente. Para saber quando é melhor trocá-la por uma nova, o primeiro passo é consultar o manual do carro ou da moto. Muitos deles vão indicar que a durabilidade está diretamente relacionada com a quilometragem do veículo. Em média, é indicado que a vela dure até 20 mil Km para carros.

No entanto, isso depende muito do perfil do motorista e do uso que ele faz do seu veículo. Para quem utiliza o carro todos os dias para trabalhar em uma grande cidade que exige longos deslocamentos, o ideal é entre 10 mil e 15 mil Km para a substituição da vela. No caso das motos, esse tempo cai ainda mais: de 3 mil a 5 mil Km rodados.

Como escolher a vela de ignição

Outra dica sempre valiosa na hora de trocar o equipamento é comprar a mesma marca original do seu veículo. Não são apenas os manuais oficiais que fazem essa recomendação apenas para induzi-lo a continuar usando as peças originais de fábrica. Essa é uma medida importante para o próprio desempenho do carro e na hora da revenda. Ou seja, quando você decidir que está na hora de trocar de veículo, terá que apresentar o laudo cautelar que irá indicar todas as peças originais e as que foram trocadas. Quanto mais peças da mesma marca você mantiver no veículo, mais chances de receber uma boa nota nessa avaliação e conseguir um preço bom na hora de passá-lo adiante.