4 dicas de como pagar barato no seguro auto

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Pesquise bem as seguradoras no mercado
  2. Perfil do motorista
  3. Renovação
  4. Garagem e região de cobertura

O seguro auto é aquele que os proprietários de veículos contratam para usar em caso de sinistros, roubos, furtos ou pequenos danos causados no seu automóvel ou provocados por você a terceiros, no dia a dia.

Com uma seguradora à disposição, os motoristas geralmente ficam mais tranquilos para circular pelas grandes cidades e rodovias, por exemplo. Mas para que o plano não pese tanto no bolso, é preciso ficar atento aos itens cobertos pela empresa e comparar os valores na concorrência.

Confira algumas dicas dos especialistas:

Pesquise bem as seguradoras no mercado

O primeiro passo na hora de buscar uma seguradora é fazer uma cotação de valores. Hoje o mercado oferece uma gama extensa de empresas credenciadas que prestam esse serviço e, para conquistar novos clientes, as facilidades são bem vantajosas, principalmente se você for um motorista cuidadoso. Quanto melhor o seu histórico, maiores as chances de conseguir descontos. Use a tecnologia a seu favor e faça cotações online também.

Perfil do motorista

Ao escolher a seguradora, a empresa fará uma avaliação dos riscos a partir de vários fatores. O seu perfil é apenas um deles, embora seja um dos itens prioritários. Quanto menor a incidência de acidentes provocados por você, menor é o risco de que isso aconteça. A idade e o tempo de habilitação do segurado também são levados em conta. Tudo isso ajuda a diminuir o valor da franquia. Os motoristas mais jovens, com até 25 anos, são apontados como os maiores causadores de acidentes e o seguro auto para eles acaba saindo mais caro. Se esse é o seu caso, os especialistas indicam que é melhor investir em um carro mais simples, modelo 1.0, para que essa franquia seja menor.

Renovação

Se você já é um segurado e está prestes a renovar o seguro auto, fique atento às condições apresentadas pela empresa e não descarte a possibilidade de trocá-la. Os bons motoristas são muito disputados pelas seguradoras. Então, se você não perdeu pontos na carteira e não provocou sinistros, utilize isso a seu favor. Negocie com todas as seguradoras do mercado e faça uma avaliação. Contudo, não adianta deixar para a última hora. Pelo menos um mês antes do término do contrato, reserve algumas horas para essa pesquisa.

Garagem e região de cobertura

Os segurados que moram em regiões consideradas de maior risco e probabilidade de ocorrer roubos ou furtos de carro possivelmente pagarão um seguro mais elevado. Outro ponto que ajuda nesse quesito é ter uma garagem ou estacionamento para deixar o seu carro. Se a sua casa ou edifício não possuem, contrate um estabelecimento próximo. Esse argumento é muito valioso na hora de contratar ou renovar um seguro auto. Durante o dia, se puder não deixar o carro na rua, também são mais pontos positivos no seu perfil. Compare o preço diário e mensal desses estacionamentos e veja como você pode economizar no seguro depois.