Quais são os problemas de deixar o carro parado por muito tempo?

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Retirar o combustível
  2. Troca de óleo
  3. Pneus
  4. Bateria
  5. Rodar a cada 15 dias

Se você precisa se ausentar de casa por um longo período e pretende deixar seu carro parado na garagem, saiba que alguns cuidados são necessários para evitar dores de cabeça com seu veículo ao retornar.

Quando falamos em períodos longos estamos falando de mais de 15 dias. Depois desse tempo, vários probleminhas podem surgir se o carro não for ligado e movimentado. Se for possível, deixe as chaves com algum amigo de confiança ou familiar e peça para que a pessoa ande um pouco com o veículo a fim de evitar gastos com manutenção depois.

Se essa possibilidade de delegar essa função a um terceiro não existe, confira estas dicas de especialistas para tentar evitar danos maiores e prejuízos muito consideráveis.

Retirar o combustível

Muitos motoristas acreditam que guardar um carro com o tanque cheio é uma boa medida de segurança. O principal argumento é que, em uma emergência, o carro estaria preparado para ser usado imediatamente. Na realidade, não é bem assim. Quanto mais tempo o carro ficar parado, maior é a chance de o combustível acabar entupindo os filtros e injetores, porque o líquido vai se transformando em uma substância mais pastosa e corrosiva. Se você não souber quanto tempo pretende deixar o carro parado, pelo menos coloque uma gasolina aditivada e em pouca quantidade.

Troca de óleo

Outro problema dos carros inutilizados por muito tempo é o óleo. Com o passar dos meses ou anos, ele deixa de lubrificar e acaba prejudicando o motor. Para evitar que isso ocorra, o ideal é fazer a troca do óleo do motor antes de guardar o veículo e escolher um sem aditivo. Se você for fazer isso, confira essas dicas para economizar com a troca de óleo.

Pneus

Um item importante para os carros é a calibragem dos pneus. Ao longo do tempo, o próprio peso e a densidade do veículo acabam forçando os pneus e eles murcham naturalmente. Nesse caso, o ideal é verificar no manual do fabricante qual é o melhor procedimento para a marca do seu carro. Geralmente, eles indicam uma pressão mínima para enchimento, mesmo em repouso.

Bateria

Nem todos os motoristas sabem, mas a bateria de um carro estacionado por muito tempo também acaba sendo gasta. Isso ocorre porque ela alimenta o sistema elétrico e acaba emitindo alguma luz. Para evitar esse consumo, desconecte os fios.

Rodar a cada 15 dias

Por último, os especialistas reforçam a importância de utilizar o carro, de alguma forma, a cada 15 dias, nem que seja para dar uma volta no quarteirão ou no bairro. Isso vai ajudar na lubrificação e evita que o combustível fique entupido, que os pneus esvaziem demais, tal como vimos nas dicas anteriores. E atenção: não basta ligar o motor, é preciso rodar o carro para que tudo fique em ordem.