Seguro APP: o que é e porque você deve contratar

Por Maria Teresa Lazarini

Índice de Conteúdomenu

  1. Cobertura do Seguro APP
  2. Faixa de Preço do Seguro APP
  3. Será que no meu caso compensa ter o APP?

Quando pensamos em seguro, a primeira coisa que vem a mente é que o nosso carro vai estar coberto dos mais diversos riscos. Mas, se você contratar a cobertura de Acidentes Pessoais de Passageiros (APP), não só seu carro vai estar protegido, mas os passageiros e o motorista que estiverem lá também. Com a cobertura APP no seguro auto, é possível indenizar os passageiros do veículo em casos de morte, invalidez e despesas médico-hospitalares.

Cobertura do Seguro APP

O modelo APP de seguro, mesmo com o preço mais baixo quando comparado aos outros, é o menos procurado pelos brasileiros, segundo a Superintendência de Seguros Privados (SUSESP). Isso acontece porque a modalidade é facilmente confundida com o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT).

Sendo um seguro obrigatório, o DPVAT é pago anualmente junto com a primeira parcela do IPVA ou na Carteira Única. Muitas pessoas decidem não comprar o APP por pensarem que o serviço coberto pelas duas modalidades é o mesmo. O DPVAT pode não ser suficiente para cobrir todas as despesas de acidentes a passageiros e não tem a facilidade que o seguro auto APP oferece. Além disso, o DPVAT tem um processo de reembolso criticado pela burocracia.

Mas qual exatamente é a cobertura do seguro APP? Há três possibilidades estabelecidas na apólice:

  1. Morte: em caso de morte de passageiros presentes no veículo na hora do acidente, uma indenização é paga ao beneficiário até o limite máximo contratado na apólice. No caso de morte do beneficiário, essa indenização é paga a terceiros definidos previamente pelo beneficiário ou aos herdeiros legais.
  2. Invalidez: a seguradora indenizará o passageiro caso ele sofra invalidez permanente total ou parcial, ou seja, fique impossibilitado de exercer sua atividade profissional por conta do acidente
  3. Despesas Médico-Hospitalares: todas as despesas médico-hospitalares que o passageiro tiver por conta do acidente sofrido serão cobertas pela apólice. Este tipo de cobertura não está disponível em todas as seguradoras, por isso é bom checar a cobertura específica de cada serviço.

Faixa de Preço do Seguro APP

Como todos os tipos de seguros, o valor do prêmio do APP também varia conforme alguns quesitos do veículo e do motorista: o modelo do carro, o tempo de experiência e até mesmo o estado civil do motorista são fatores a serem considerados na precificação do seu seguro auto.

Mas o que poucas pessoas sabem é que o seguro de Acidentes Pessoais de Passageiros é o tipo mais barato do mercado: geralmente, os valores cobrados variam de RS20 a R$60, conforme a seguradora.

Na apólice do APP estará estabelecido a quantia que a seguradora irá desembolsar caso os passageiros sofram acidentes. Na Itaú Seguros, por exemplo, o valor não pode ser abaixo dos R$10 mil nem acima dos R$100 mil. Já no caso da Azul Seguros, não há um valor mínimo do APP, mas o limite máximo é definido em R$50 mil. As que estipulam preços mais altos costumam ser as que cobrem as Despesas Médico-Hospitalares.

Será que no meu caso compensa ter o APP?

Acidentes de carros podem causar graves danos ao passageiro e, consequentemente, danos ao bolso de quem terá que arcar com as respectivas despesas médico-hospitalares ou indenizações – que podem chegar a valores exorbitantes. Pensando nisso, pagar uma média de R$40 por ano para ter a cobertura do seguro APP é definitivamente vantajoso.

Mas se você ainda estiver em dúvida em adicionar o APP a sua apólice, é bom avaliar as probabilidades de você sofrer um acidente de trânsito. Considere alguns fatores:

  • Cidade: a frequência de acidentes de trânsito na sua cidade. Para a cidade de São Paulo, por exemplo, o site do Observatório da Detran disponibiliza gráficos e índices com estes dados
  • Trajetos: dependendo das rotas que você percorre com seu veículo, a chance de acontecer acidentes aumenta – acidentes em vias expressas são muito mais comuns do que em ruas menores
  • Número de Passageiros Habituais: se você utiliza seu carro para transportar mais pessoas, como por exemplo seus familiares, compensa mais contratar o seguro APP do que ter que arcar com diversas despesas caso um imprevisto aconteça
  • Se avalie como motorista: querendo ou não, sabemos quando somos bons ou maus motoristas. Se você não se considera bom no volante, contratar um seguro APP é uma boa opção para assegurar seu bem-estar e dos demais passageiros

Contratar o Seguro de Acidentes Pessoais de Passageiros é algo a se pensar: além de te dar mais tranquilidade ao dirigir e prevenir possíveis surpresas, o APP é o tipo de seguro auto mais barato do mercado! Com cerca de R$40 por ano, você evita uma forte dor de cabeça caso sofra algum tipo de acidente com seu veículo.