Quanto custa seguro auto para veículos de carga leves?

Por Redação IQ 360

Para os proprietários de automóveis, o seguro auto cobra parte dos danos em caso de acidentes, furtos ou roubos. Em sinistros provocados a terceiros, muitos planos também cobrem os prejuízos e oferecem toda a assistência. Para os veículos de carga, como caminhões, essa precaução é mais do que obrigatória, porque o caminhoneiro está trabalhando no transporte daquela mercadoria diariamente, correndo muito mais riscos do que um motorista comum.

Como eles circulam pelas estradas, a possibilidade de roubos de carga é muito maior. Portanto, além da segurança, algumas coberturas do seguro auto garantem que a eventual perda do produto transportado seja reembolsada. E como nos últimos anos a frequência de roubos aumentou consideravelmente nas estradas, os preços dos seguros também ficaram bem mais salgados.

Carga leve e carga pesada

Importante diferenciar, no entanto, que veículos de carga pesada são justamente esses caminhões que circulam pelas rodovias estaduais e federais. Os veículos de carga leve são menores e fazem o transporte dentro das cidades, na maioria das vezes. Isso porque o caminhão pesado é o que busca os produtos na fonte para trazer aos centros de distribuição.

Já os mais leves carregam a mercadoria dos centros de distribuição até os postos de revenda, como supermercados, centros comerciais, bares e restaurantes, ou qualquer outro estabelecimento.

E como nas cidades o policiamento é mais extensivo do que nas estradas, com delegacias próximas (e o percurso para transportar essa carga é bem menor do que o das rodovias), o seguro auto dos veículos de carga leve acaba ficando mais barato. Nesses casos, além da segurança da carga, é levado em conta a probabilidade de acidentes, o modelo do veículo, a quilometragem diária, o perfil do motorista, entre outros fatores.

Nos últimos anos, o valor do seguro auto para veículos de carga leve variou em uma margem de R$ 3,1 mil a 3,8 mil. Se compararmos com os veículos de carga pesada, essa média pode chegar a R$ 14 mil. Antes de contratar um seguro auto, vale a recomendação de pesquisar todas as empresas que oferecem o serviço e negociar todos os itens que podem ser cobertos pelo plano. Na ponta do lápis, esse valor pode parecer alto, mas é bom lembrar que a carga geralmente custa ainda mais. Se o motorista for roubado, é a empresa transportadora que vai arcar com todos os custos.