Como cancelar meu seguro de vida

Por Redação IQ 360

como-cancelar-seguro-de-vida

O seguro de vida é um acordo firmado por contrato em que a seguradora assume os riscos de morte e invalidez permanente do segurado em troca de pagamentos mensais, com valor determinado de acordo com o tipo de apólice e itens que cobre. Em caso de sinistro, o titular ou seus beneficiários têm a garantia de que devem receber uma indenização que vai ajudar a manter a estabilidade financeira causada pelos imprevistos definidos em apólice.
O cancelamento do serviço pode ser feito de três maneiras: pelo segurado, pela seguradora ou quando há o pagamento da indenização integral (morte ou invalidez permanente). Em todos os casos, as regras devem estar descritas e explícitas em contrato, segundo definição da Superintendência de Seguros Privados (Susep), órgão que regulamenta o setor no país.
A seguradora só pode cancelar o serviço em condições específicas, como inadimplência e quando há a detecção de fraude, causada por má-fé ou não, ou a empresa descobre que o cliente omitiu ou mentiu sobre informações relacionadas a seus dados pessoais, como a ocorrência de doenças preexistentes, por exemplo.

Como cancelar o seguro de vida?

O consumidor pode cancelar o seguro de vida a qualquer momento, sem motivo específico. Entretanto, esse processo deve ser formalizado junto à seguradora ou corretora, o que garante a segurança do cliente.
Para tanto, é preciso procurar a empresa prestadora de serviço e informar o desejo de encerrar o contrato vigente. O pedido deve ser oficializado com o envio, por correio ou e-mail, de uma carta assinada pelo segurado informando que o seguro está sendo cancelado por sua vontade.
Na maioria dos casos, o seguro de vida tradicional não prevê ressarcimento do dinheiro pago, pois entende-se que houve cobertura durante o período decorrido, independente da ocorrência de sinistros. Entretanto, existem apólices que preveem a devolução de uma porcentagem do que foi investido pelo ex-segurado, mas o valor vai depender de um cálculo que leva em conta o prazo de vencimento da apólice. Por isso, é importante conhecer todas as cláusulas do seu contrato para entender quais as regras adotadas pela seguradora.
Além disso, existem modalidades de seguro que permitem o resgate total das parcelas pagas ao longo do tempo, quando o segurado decide encerrar o contrato, como é o caso dos seguros resgatáveis. Esses tipos de contratos liberam o acesso ao dinheiro após um período de carência definido pela seguradora. Uma das principais vantagens dessa modalidade é que pode ser um bom tipo de investimento, já que os valores pagos vão para um fundo de resgate, onde serão corrigidos por uma taxa anual de cerca de 3% mais a variação da inflação.