Como usar o seguro odontológico

Por Redação IQ 360

Índice de Conteúdomenu

  1. Dúvidas
  2. Consulte os serviços disponíveis
  3. Vigência do seguro

Se você já tem um seguro odontológico você faz parte de uma minoria de pessoas que se preocupa com a saúde bucal. Segundo dados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) divulgada pelo IBGE, cerca de 55,6% dos brasileiros não se consultam anualmente seu dentista. A recomendação dos profissionais é que as consultas sejam realizadas semestralmente, ou seja, duas vezes ao ano.

Com um seguro odontológico você pode investir nas idas ao dentista, evitando assim, o surgimento de cáries, gengivite, mau hálito, processos inflamatórios e infecciosos ou outras doenças que podem atingir a sua boca.

Um dentista não cuida apenas da estética dental.  Os dentistas também podem identificar diversas doenças que podem ou não ter origem na sua boca, como câncer e problemas intestinais, que podem se manifestar em adulterações bucais identificadas nas consultas regulares.

Dúvidas

Você fez um seguro odontológico e não sabe direito quais os serviços que você pode utilizar, como fazer isso e quais profissionais pode consultar? Para essa questão não existe uma resposta padrão, já que cada contrato tem suas particularidades e abrangências. O ideal seria você reler quais são seus direitos na apólice que você recebeu.

Normalmente, para usar o seguro odontológico você pode escolher um profissional de sua preferência e depois solicitar o reembolso dos valores. O importante é observar quais especialidades você contratou e qual valor máximo que vai ser reembolsado por serviço. O mesmo é válido para exames.

Nos dentistas que fazem parte da rede referenciada do seguro contratado você não pagará pelos atendimentos, inclusive nos atendimentos de urgência 24h, desde que eles façam parte do seu pacote.

Consulte os serviços disponíveis

Tratamentos dentários muitas vezes necessitam de atendimentos de profissionais específicos, que sejam especialistas em suas áreas de atuação. Você deve chegar se seu seguro odontológico cobre endodontia (canal), periodontia (tratamento de gengiva), cirurgia ambulatorial, entre outros. Apólices mais elaboradas podem ainda dar cobertura para ortodontia (aparelho) e próteses, por exemplo.

Não deixe de verificar essas informações antes de submeter a qualquer procedimento para evitar surpresas e correr o risco de não ser reembolsado dos valores que gastou.

Vigência do seguro

O mais comum é que a vigência da apólice de um seguro odontológico seja de 12 ou 24 meses, contados a partir da assinatura do contrato.