Seguro para equipamentos fotográficos: como funciona e quanto custa

Por Redação IQ 360

seguro-para-equipamentos-fotograficos

Equipamentos fotográficos costumam ter um custo bastante elevado. Ao adquirir produtos como câmeras, normalmente se faz um investimento bem grande na compra do aparelho e também de acessórios como lentes, flashes e tripés, por exemplo.
Se você tem equipamentos fotográficos e principalmente se faz uso profissional deles, certamente não vai querer correr o risco de perdê-los em um assalto ou acidente. Para prevenir qualquer prejuízo maior, muitas operadoras oferecem a opção de seguro para esses maquinários.
Se você não trabalha com fotografia mas utiliza equipamentos caros em suas viagens e passeios, saiba que o seguro para equipamento fotográfico também foi feito para você. Se sua câmera cair na água ou for derrubada acidentalmente durante um show, por exemplo, você terá o reembolso das despesas que tiver para fazer o conserto.
Este é com certeza um custo mensal que vale a pena. O risco de perder seu bem e depois ter de comprar um novo pode atrapalhar muito as finanças.

Exigência na contratação de um seguro para equipamentos fotográficos

Para contratar um seguro para equipamentos fotográficos você precisará da nota fiscal dos bens a serem segurados. Se o equipamento tiver sido comprado no exterior, você precisará apresentar a nota fiscal do país de origem. Se a nota fiscal do equipamento estiver no nome de outra pessoa, você precisará comprovar a aquisição ou ter uma carta de doação.

Abrangência do seguro para equipamentos fotográficos

O seguro normalmente tem vigência de um ano e cobertura nacional. Quem viaja e deseja uma cobertura para o exterior pode adquirir um seguro de equipamento fotográfico com cobertura internacional, claro que com um custo adicional.

Cobertura do seguro para equipamentos fotográficos

Para contratar um seguro para o seu equipamento fotográfico verifique sobre as coberturas e as exclusões de cada apólice. Há seguradoras que estipulam valor mínimo para a contratação de seguro para câmeras fotográficas e tempo de uso do equipamento. Normalmente valores acima de R$ 500 reais e câmeras com menos de 5 anos.
No seu seguro você pode incluir cartões de memória, mochilas de câmeras, lentes fotográficas, flashes, tripés, entre outros equipamentos. Desde que você contrate essa cobertura completa.
Além de roubo, a cobertura também indeniza danos físicos, como a queda de equipamentos. Você também pode contratar o seguro de danos elétricos, que cobre o conserto de componentes elétricos e eletrônicos do equipamento, como a troca de display, placa, circuito, entre outros.