Seguros para esportes radicais: o que é e quem precisa

Por Redação IQ 360

seguro-esportes-radicais

Quando uma pessoa planeja viajar para determinada cidade ou país, na maioria das vezes, ela já tem em mente as principais atividades que deseja realizar por lá, tal como os locais que quer visitar. Portanto, ao contratar um seguro viagem, o contratante pode garantir coberturas específicas visando melhor atender seu roteiro de atividades.
As categorias de seguro estão disponíveis para que as pessoas possam se sentir mais protegidas em situações diversas. Se você está planejando fazer uma viagem e curtir momentos de adrenalina, não deixe de consultar seu corretor a respeito do seguro para esportes radicais.

Vantagens dos seguros para esportes radicais

O seguro para esportes radicais é uma extensão do seguro viagem. Muita gente não sabe, mas as assistências de viagens comuns costumam não cobrir quaisquer gastos ocasionados por acidentes durante práticas esportivas. Inclusive muita gente se surpreende ao saber que os seguros de vida, na maioria das vezes, também não atendem casos assim. Portanto, todo viajante que deseja se aventurar deve estar atento às coberturas oferecidas dos seus planos de viagem e vida.
Imagine que um viajante resolve fazer escalada, mas, em meio a subida, um acidente acontece. Ele fica, então, impossibilitado de sair do local onde está. Apesar de não ser algo aparentemente grave, as pessoas ao seu redor não são capacitadas para aquele atendimento e é necessário chamar a ambulância. Caso o acidentado tenha o seguro para esportes radicais, ele não apenas terá um atendimento mais ágil e de melhor qualidade, como vai também ter todos os gastos cobertos pela operadora do seguro. No entanto, isso só poderá acontecer caso seu plano tenha a prática da escalada prevista no contrato, uma vez que ele se acidentou praticando esse esporte. Mesmo que esse paciente tenha um plano de viagem ou de vida comuns, ele não terá direito a nenhum desses benefícios.
Uma vez especificadas em contrato, as mais diversas práticas podem receber cobertura do seguro para esportes radicais. Esse plano inclui facilidades como auxílio farmácia, primeiros socorros, internação, acompanhante e translado para o local de atendimento médico.

Quem deve contratar seguros para esportes radicais

Alguns seguros já incluem uma lista de atividades, como, por exemplo, o seguro para esportes na neve, que atende a qualquer ocorrência que possa vir a aparecer durante uma viagem de aventura no gelo.  Tem também seguros mais específicos, que cobrem um único esporte, como o plano para paraquedistas. As opções são variadas.
Se você pretende surfar, esquiar, pular de bung jump, escalar, fazer trilhas, safaris, expedições ou qualquer outra atividade relacionada ao turismo de aventura, não deixe de falar com o seu corretor a respeito do seguro para esportes radicais, para que você possa curtir ainda mais sua viagem e se aventurar mais tranquilo, sabendo que está mais protegido.

Como contratar seguros para esportes radicais

Muitas operadoras já oferecem esse plano. Entre em contato com um corretor e busque as opções de seguro viagem disponíveis. Verifique se há cobertura para esportes radicais e, caso houver, questione sobre a abrangência do serviço (para saber se cobre especificamente a atividade que deseja praticar).
Caso você encontre as coberturas necessárias para sua viagem, analise se o valor do sinistro é realmente suficiente para os custos de internação, ambulância e gastos com remédios, levando em consideração os valores do país para o qual se vai viajar, no caso de passeio internacional. Negocie de acordo com suas condições, faça um down ou upgrade, se necessário e possível. Dessa forma, você consegue fazer uma melhor negociação e sair com o seguro mais adequado para você.