Seguro para atletas: como funciona

Por Redação IQ 360

seguro-para-atletas

O esporte é uma paixão entre muitas pessoas. Motivadas por um sonho, várias dedicam-se arduamente para se tornarem profissionais e participarem das principais competições de seus esportes. Mas, infelizmente, atletas de alto rendimento estão propícios lesões e acidentes que podem afastá-los de suas atividades temporariamente. Em casos mais drásticos, podem até precisar encerrar a carreira precocemente.
Imagine um atleta que esteja no auge da sua carreira e sofra uma lesão durante um treinamento. Caso ele precise ficar afastado de suas funções por alguns meses, o seguro para atleta garante a indenização necessária para custear seus gastos pessoais e de saúde até a sua recuperação.

Por que contratar um seguro para atletas?

O Seguro para Atletas normalmente cobre despesas médicas de até R$ 20 mil reais em caso de acidentes, além de despesas com cirurgias, exames, medicamentos, despesas odontológicas e aluguéis de próteses.
Esta modalidade de seguro também garante o pagamento de uma indenização que pode ser correspondente ao valor total anual da remuneração de um jogador de futebol, podendo chegar até R$ 10 milhões, dependendo da seguradora.
O seguro atleta é comum para jogadores de futebol, mas algumas seguradoras oferecem a cobertura para diferentes eventos e modalidades esportivas, como provas de ciclismo, mountain bike, eventos de corrida de rua, corrida de montanha, windsurf, karatê, tênis, golf, voleibol, entre outros.

Proteção para atletas

Para minimizar os riscos de acidentes no esporte, em 1998 foi criada a Lei Pelé, que regulamenta a prática de esportes no Brasil. Dentre outras coisas, ficou estabelecido que as entidades de prática desportiva são obrigadas a contratar um seguro de acidente de trabalho para os atletas profissionais a ela vinculados.
O clube deve cobrir, por exemplo, acidentes pessoais inerentes à respectiva atividade desportiva, acontecidos em treinos, provas desportivas e respectivos deslocamentos, dentro e fora do território nacional.
Caso o atleta possua interesse, ele também pode contratar um seguro que complemente a proteção adquirida pelo time. Isto vai deixar o esportista muito mais seguro e oferecerá uma garantia aos familiares que dependem sua renda.

Análise de risco

São considerados fatores de risco aos atletas critérios como idade, histórico de contusões e saúde, além de doenças pré-existentes.
Pouco explorado no Brasil, o seguro para atletas normalmente é disponibilizado pelas principais corretoras especializas.