Como fazer para ter CNH de pessoas com deficiência

Por Redação IQ 360

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é um documento que pode ser obtido por qualquer cidadão brasileiro que esteja apto a conduzir carros, motos ou outros tipos de veículos. Pessoas com deficiência não estão impedidas, desde que no exame médico seja comprovada a capacidade de dirigir em veículos adaptados.
Saiba como funciona o processo para um motorista com deficiência:

Exame médico para pessoas com deficiência

De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), ter uma deficiência não é motivo para impedir alguém de tirar a sua CNH. Os motoristas que têm alguma incapacidade ou mobilidade reduzida realizam as mesmas provas que os outros condutores durante o processo de habilitação, mas o exame médico é diferente.
Nessa etapa, o candidato precisa ser avaliado por um médico especializado nessa análise e credenciado ao órgão. Caberá a ele descrever o tipo de deficiência e se o condutor realmente tem condições de dirigir com segurança. As adaptações do veículo ou tipo de carro permitido também serão indicadas pelo profissional de saúde. Em alguns casos, os motoristas com deficiência só podem conduzir veículos com câmbio automático, por exemplo.

Autoescola especializada para pessoas com deficiência

O Código de Trânsito Brasileiro não determina que todos os Centros de Formação de Condutores (CFCs) estejam preparados para receber motoristas com deficiência. Para que esse aprendizado seja autorizado, a escola precisa ter carros adaptados. Portanto, depois de aprovado no exame médico, o candidato deverá procurar um CFC que esteja apto, seja na sua própria cidade, seja em outra localidade.

Exame prático para pessoas com deficiência

Ao final do curso, todos os candidatos à CNH são avaliados por um exame prático. No caso das pessoas com deficiência, o exame é praticamente o mesmo: o percurso da prova e os requisitos de avaliação são iguais. O que muda realmente é a presença de um médico para comprovar se o carro usado na prova está adaptado para aquele candidato. Durante toda a prova, o motorista deverá demonstrar total habilidade, independente da sua deficiência.

Mudança de categoria na CNH para pessoas com deficiência

O Detran também orienta sobre casos em que o motorista precisa mudar de categoria na sua CNH após sofrer algum tipo de acidente ou outra situação que o leve a se tornar uma pessoa com deficiência.
Para poder continuar dirigindo, o órgão alerta que será necessário passar por uma nova avaliação médica. Nesse exame, o médico poderá indicar em quais condições o motorista poderá continuar conduzindo, sem descartar uma avaliação psicológica. Também poderá ser solicitado um novo exame prático, em um carro adaptado.