Como pedir a CNH Internacional, a PID?

Por Redação IQ 360

pedir-cnh-internacional

Dirigir em outros países é uma das formas mais interessantes de conhecer as pequenas e as grandes cidades, desbravando a cultura local. Mas, para isso, é importante ter a Permissão Internacional para Dirigir, mais conhecida como PID.  A nossa Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é aceita pelos países signatários da Convenção de Viena, mas os especialistas sempre alertam que ter a PID é uma garantia muito mais segura. Entenda os motivos:

PID em sete idiomas

A principal vantagem da PID é que ela é traduzida para sete idiomas: alemão, árabe, espanhol, francês, inglês, português e russo. Se você apenas tiver a CNH, as chances de você esbarrar em um agente de trânsito que não entende o português e não quiser aceitar a sua CNH como um documento oficial é enorme, especialmente em cidades do interior dos países. Portanto, solicitar a PID é uma dor de cabeça a menos na sua viagem.

Como pedir a sua PID

A PID é emitida pelo Detran e deve ser solicitada na cidade de residência do motorista. A sua validade será de até três anos, ou de acordo com a validade da CNH. Haverá uma taxa extra, que varia de cidade para cidade. Se o motorista quiser recebê-la em casa, também poderá pagar uma taxa de entrega.

Quais países aceitam a PID

Antes de viajar, vale a pena pesquisar se a PID é aceita no país que você pretende visitar. Embora seja um documento válido nos países que assinaram a Convenção de Viena para a circulação no trânsito internacional, em novembro de 1968, existem alguns que não estão incluídos. O Japão, por exemplo, é um deles, e só aceita a carteira japonesa de habilitação. Não custa lembrar também que a PID só pode ser usada no exterior, dentro do Brasil é obrigatória a apresentação da CNH.
A seguir, destacamos os países em que a PID é aceita:
África do Sul
Albânia
Alemanha
Anguilla
Angola
Argélia
Argentina
Arquipélago de San Andrés
Austrália
Áustria
Azerbaidjão
Bahamas
Barém
Bélgica
Bermudas
Bielo-Rússia
Bolívia
Bósnia-Herzegóvina
Bulgária
Cabo Verde
Canadá
Cazaquistão
Cayman
Ceuta e Melilla
Chile
Cingapura
Colômbia
Congo
Coreia do Sul
Costa do Marfim
Costa Rica
Croácia
Cuba
Dinamarca
El Salvador
Equador
Escócia
Eslovênia
Espanha
Estados Unidos
Estônia
Filipinas
Finlândia
França
Gabão
Gana
Geórgia
Gibraltar
Grã-Bretanha
Grécia
Groenlândia
Guadalupe
Guatemala
Guiana
Guiana Francesa
Guiné-Bissau
Haiti
Holanda
Honduras
Hungria
Ilha de Pitcairn
Ilha Norfolk
Ilhas Aland
Ilhas Cayman
Ilhas Cocos
Ilhas Cook
Ilhas do Canal
Ilhas Geórgia e Sandwich do Sul
Ilhas Virgens
Ilhas Wallis e Futuna
Indonésia
Inglaterra
Irã
Irian Ocidental
Irlanda do Norte
Israel
Itália
Kuwait
Letônia
Líbia
Lituânia
Luxemburgo
Macedônia
Malvinas
Marrocos
Martinica
Mayotte
México
Moldávia
Mônaco
Mongólia
Montserrat
Namíbia
Nicarágua
Niger
Niue
Noruega
Nova Caledônia
Nova Zelândia
Nueva Esparta
País de Gales
Panamá
Paquistão
Paraguai
Peru
Polinésia Francesa
Polônia
Porto Rico
Portugal
Reino Unido
República Centro-Africana
República Dominicana
República Eslovaca
República de Moçambique
República Tcheca
Reunião
Romênia
Rússia
Saara Ocidental
Saint-Pierre e Miquelon
San Marino
Santa Helena
São Tomé e Príncipe
Seychelles
Senegal
Sérvia
Suécia
Suíça
Svalberd
Tadjiquistão
Terras Austrais e Antártica
Território Britânico na Antártica
Território Britânico no Oceano Índico
Timor
Toquelau
Tunísia
Turcas e Caicos
Turcomenistão
Ucrânia
Uruguai
Uzbequistão
Venezuela
Zimbábue