4 dicas para manter seu carro em bom estado

Por Redação IQ 360

A maioria dos problemas registrados nos automóveis poderia ser evitada com cuidados simples e mais frequentes. Não é preciso esperar que o motor pare de funcionar ou que você fique emperrado no meio da estrada para saber que prevenir é melhor do que remediar. Além de evitar acidentes, você ainda conserva o seu carro por mais tempo e essa durabilidade será fundamental quando decidir vendê-lo.
Portanto, não deixe para fazer a revisão apenas quando estiver prestes a viajar. O primeiro passo para mudar de atitude é reconhecer esses problemas e ficar atento às dicas dos especialistas. Confira:

Óleo e freio

Trocar as pastilhas do freio e o óleo regularmente ajuda a prevenir a fundição do motor do seu carro. É comum encontrarmos motoristas que sequer lembram quando fizeram isso pela última vez e só percebem que o motor está com problemas sérios na hora em que ele começa a falhar ou já está completamente comprometido.
A qualquer barulho novo ou insistente, leve o seu carro na mecânica de sua confiança e verifique o que está acontecendo. Lembre-se de ler o manual para saber de quanto em quanto tempo o fabricante recomenda a troca do óleo e das pastilhas. Anote a data da cada troca e coloque lembretes na sua agenda para não esquecer a próxima.

Pneus

Verificar se os pneus do seu carro estão bem calibrados também evita acidentes e aumenta a vida útil das peças. Andar com pneus esvaziados pode pesar no seu bolso a longo prazo. Primeiro porque pode gerar uma multa, segundo porque se isso ocorre com frequência, a chance de você precisar trocá-los antes do tempo indicado é enorme, e essas peças são bem caras. Por último, em caso de sinistro, é a sua seguradora que deverá ser acionada e poderá gerar um custo extra, sem contar os pontos perdidos que gerariam um bom desconto na renovação do seguro auto.

Pintura e pequenos consertos

Muitas vezes por falta de tempo, acabamos deixando para depois o conserto daquele risco na lataria ou aquele para-choque levemente amassado. No entanto, ficar atento a esses pequenos danos pode gerar uma boa economia depois. Consertar aos poucos sai mais barato do que deixar para fazer tudo junto.
Até lá, você pode inclusive decidir que quer vender o carro. Se ele não estiver impecável, as chances de você precisar baixar o preço por causa da concorrência são enormes. Para mantê-lo sempre em dia e conseguir um bom valor na revenda, faça um pente-fino a cada semana, identifique esses pequenos danos. Lembre-se de mantê-lo encerado com alguma frequência, porque isso evita que a pintura também fique prejudicada com o passar do tempo.

Combustível confiável

No dia a dia, também é comum acabar entrando no posto mais barato, principalmente em tempos de crise e de aumento de preço da gasolina e do etanol a cada mês. Pesquisar postos mais em conta é super recomendável, mas fique de olho na qualidade do combustível. Se estiver adulterado, poderá provocar danos maiores no seu motor e maquinário em geral. Outra dica é não deixar o tanque vazio por muito tempo. Isso não só aumenta o consumo do combustível como pode provocar entupimentos nos fios. O ideal é mantê-lo ao menos pela metade.